Projeto Redescola

informar.png

projeto_redescola

softwares educacionais

Computador Para Todos - OLPC

laptop100

Movido a manivela, pilha ou eletricidade, o laptop de US$ 100 tem o tamanho de um livro e a cor verde brilhante - para agradar as crianças e passar uma mensagem ambiental. O MIT estipulou um pedido mínimo de um milhão de maquinas e pagamento adiantado. Segundo Negroponte, a expectativa é que as primeiras remessas comecem a sair já no final de 2006 ou início de 2007.

 

 

olpc

 Brasil negocia com MIT aquisição de laptop de US$ 100 para crianças, informa Gil

Márcia Detoni
Enviada especial

Túnis (Tunísia) – O protótipo do laptop de US$ 100 (cerca de R$ 240) foi apresentado hoje (16) na Cúpula Mundial da Sociedade da Informação como a grande solução para a inclusão digital de crianças carentes nos países em desenvolvimento. O objetivo do Laboratório de Mídia do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) é oferecer o equipamento, nos próximos anos, nos seis maiores países em desenvolvimento da América Latina, da África e da Ásia (Brasil, Nigéria, Egito, Índia, China e Tailândia).

No pronunciamento que fez esta tarde representando o Brasil na Cúpula Mundial da Sociedade da Informação, o ministro Gilberto Gil disse que o Brasil está negociando com o MIT a aquisição do laptop, mas não mencionou datas.

De acordo com o presidente e fundador do Laboratório de Mídia do MIT, Nicholas Negroponte, "esse é um projeto educacional que vai ajudar a resolver o problema da divisão digital no mundo". Segundo ele, se o projeto tornar-se viável, será oferecido também aos demais países pobres.

Movido a manivela, pilha ou eletricidade, o laptop de US$ 100 tem o tamanho de um livro e a cor verde brilhante - para agradar as crianças e passar uma mensagem ambiental. O MIT estipulou um pedido mínimo de um milhão de maquinas e pagamento adiantado. Segundo Negroponte, a expectativa é que as primeiras remessas comecem a sair já no final de 2006 ou início de 2007.

Negroponte destacou que o produto não chegará às lojas. A idéia é vendê-lo apenas aos Ministérios de Educação de países comprometidos com a política "Um Computador Por Criança".

O presidente do Laboratório de Mídia do MIT esteve no Brasil em julho para apresentar o projeto ao presidente Luis Inácio Lula da Silva, mas disse que ainda não sabe ao certo se o Brasil fará a aquisição do equipamento. Segundo ele, Lula mostrou-se muito entusiasmado, mas os ministros envolvidos na negociação do projeto acabaram deixando o governo logo depois do encontro realizado em Brasília. "Negociar com governos é muito difícil", comentou Negroponte. "O alto escalão fica entusiasmado, mas os níveis abaixo são muito burocráticos".

Negroponte disse que já foi procurado pela indústria brasileira para lançar o laptop comercialmente, mas seu objetivo é trabalhar com os governos. "A educação é um bem público. Virar as costas para os governos seria uma forma de sanção, uma estrada ruim", explicou o presidente do Laboratório de Mídia do MIT, acrescentando que tem todo o resto de sua vida para lutar pela inclusão digital. "Não farei mais nada a partir de agora, só isso", garantiu.

O laptop desenvolvido pelo MIT pode fazer quase todas as operações de um computador normal, menos armazenar grande volume de dados. Ele foi montado com base no software livre Linux e tem acesso à internet por um sistema sem fios. Para quem não tem eletricidade ou recursos para comprar pilhas, a manivela é a alternativa. Um minuto de corda oferece pelo menos 10 minutos de conexão para recebimento de dados, podendo chegar a até quarenta minutos de conexão. O MIT reconhece, no entanto, que a manivela não é satisfatória para o envio de dados.

 Agência Brasil - RADIOBRÁS

Mais informações:

VOCÊ SABIA?

voce-sabia

Biblioteca Virtual

biblioteca-virtual

Projeto Redescola SMS

redescola-sms

Calendário

calendario

Dedicated Cloud Hosting for your business with Joomla ready to go. Launch your online home with CloudAccess.net.