Projeto Redescola

informar.png

projeto_redescola

softwares educacionais

Alimentos Diet ou Light?

Diet ou Light? Uma pergunta comum nos dias de hoje.

Na ânsia de emagrecer ou apenas de manter a silhueta, as pessoas se vêem num grande conflito. Qual o alimento mais indicado para cada situação? E no caso de doenças que fazem restrições a alguns nutrientes?

 

silhueta

Acompanhando as mudanças dos tempos, o setor alimentício é um dos mais dinâmicos, seguindo o lema "qualidade de vida" valoriza a alimentação saudável e equilibrada para o bem-estar.

Assim surgiram os alimentos diet e light com o objetivo de permitir a manutenção da boa forma, do controle de doenças, da necessidade de produtos com ausência de determinados nutrientes e com menos produtos químicos. Mas, junto com eles as dúvidas surgem e, nós passamos a consumir light e diet como se fossem iguais.

Segundo o ministério da Saúde os alimentos diet são isentos de determinado nutriente sendo indicados para pessoas com exigências físicas, metabólicas, fisiológicas ou que sofrem de doenças específicas como ocorre com os diabéticos que não devem ingerir açúcar ou os hipertensos que devem diminuir a ingestão de sódio.

Devemos ficar atentos ao consumir os alimentos diet que fazem a restrição de determinados componentes como no caso do açúcar, mas que podem apresentar uma grande quantidade de gordura.

Observamos tal fato nos chocolates diet onde as pessoas estariam ingerindo mais que o dobro das calorias que teriam na proporção de gordura e açúcar. Devemos considerar também que a ingestão de tais produtos não deve ser feita em grande quantidade, pois pode engordar mais do que se usasse apenas um normal.

Nos Estados Unidos o lançamento de mais de 5 mil produtos com baixo teor de gordura, na última década, contribuiu com o aumento da obesidade no país.

Os alimentos light devem apresentar uma diminuição mínima de 25% de nutrientes ou calorias em relação ao alimento convencional. Normalmente os alimentos light não são indicados para casos de doenças (diabetes, colesterol elevado, hipertensão, fenilcetonúricos) a não ser que o alimento apresente a eliminação de algum componente como o açúcar, no caso de ser ingerido por diabéticos. Assim como os alimentos diet, esses também não devem ser ingeridos em grande quantidade.

Com o estímulo da mídia, o culto ao corpo sadio e bonito tem movimentado cada vez mais a indústria de alimentos dietéticos e light, hoje não há comida que não tenha sua versão diet-light, portanto só nos resta saber utilizá-los de forma consciente e adequada a cada situação, que não nos deixemos levar pelo modismo e consumismo de produtos mais caros e que às vezes não correspondem às nossa necessidades.

VOCÊ SABIA?

voce-sabia

Biblioteca Virtual

biblioteca-virtual

Projeto Redescola SMS

redescola-sms

Calendário

calendario

Dedicated Cloud Hosting for your business with Joomla ready to go. Launch your online home with CloudAccess.net.