Projeto Redescola

informar.png

projeto_redescola

softwares educacionais

Falando de Gente

O nome do Estado da Bahia tem origem na "baía de Todos os Santos", e era com h que antigamente se escrevia o nome desse acidente geográfico. Segundo o Formulário Ortográfico de 1943, “os topônimos de tradição histórica secular não sofrem alteração alguma na sua grafia, quando já esteja consagrada pelo consenso diuturno dos brasileiros”, mas seus compostos e derivados “obedecerão às normas gerais do vocabulário comum”. é o caso então de Bahia - baiano e Joinville - joinvilense.

--- Sempre tive uma dúvida e é por que Bahia se escreve com h mas baiano não leva h.  Alejandra Silveira Osorio, Uruguai

 O nome do Estado da Bahia tem origem na "baía de Todos os Santos", e era com h que antigamente se escrevia o nome desse acidente geográfico. Segundo o Formulário Ortográfico de 1943, “os topônimos de tradição histórica secular não sofrem alteração alguma na sua grafia, quando já esteja consagrada pelo consenso diuturno dos brasileiros”, mas seus compostos e derivados “obedecerão às normas gerais do vocabulário comum”. é o caso então de Bahia - baiano e Joinville - joinvilense.

 --- Israelense ou israelita são sinônimos ou há diferença entre as duas palavras? Francisco Marques de Souza, Recife/PE

 Há diferença:

1) israelense (ou, menos usado, israeliano) é o substantivo utilizado para designar o habitante ou a pessoa natural do Estado de Israel, criado em 1948. Pode ser também adjetivo: relativo ao mesmo Estado de Israel;

 2) israelita refere-se ao indivíduo do povo descendente do patriarca bíblico Jacó, o povo de Israel, que é também chamado de judeu ou hebreu. é um termo mais abrangente do que israelense, pois não se limita a uma época ou espaço geográfico. Por exemplo, você pode falar que Ariel Sharon é israelita (referindo-se à origem racial dele), mas sempre dirá, em relação ao seu cargo, que ele é “o primeiro-ministro israelense”. Na funç ;ão de adjetivo, israelita pode comutar com judeu, judaico e hebraico. Para adjetivar o que é relativo ou pertencente ao Judaísmo, usa-se apenas judaico(a): a religião judaica, os textos judaicos.

 --- No dicionário Aurélio a palavra Kamikaze aparece com ‘k’ e Decasségui com ‘c’. Existem regras para escrever expressões japonesas? João Sato, Suzano/SP

 Existem normas para transcrever ou aportuguesar palavras estrangeiras de modo geral. E aí não entra a letra k, pois ela ainda não pertence oficialmente ao nosso alfabeto. No caso, kamikaze – que quer dizer “vento divino” – deve ser escrito camicase ou camicaze. As duas formas se encontram no dicionário Houaiss e no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras -ABL.

Quanto ao termo que designa o trabalhador temporário no Japão, em portuguê s escreve-se decasségui. O Houaiss traz dois registros: decasségui ou decassêgui, também com acento circunflexo em consideração às pessoas que pronunciam o último E fechado.

VOCÊ SABIA?

voce-sabia

Biblioteca Virtual

biblioteca-virtual

Projeto Redescola SMS

redescola-sms

Calendário

calendario

Dedicated Cloud Hosting for your business with Joomla ready to go. Launch your online home with CloudAccess.net.